20 de abril de 2024

CARGAS

O site dos transportes

Investimento bilionário

Cummins anuncia investimento de mais de US$ 1 bilhão em manufatura nos Estados Unidos. Mais da metade de todos os caminhões médios e pesados nas estradas do país usam motores da marca

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden visitou a Cummins, localizada em Fridley, Minnesota, como parte de sua estratégia de governo e turnê Investing in America. Durante a visita, foi discutido o apoio a manufatura, a inovação e uma economia de energia limpa, além de criar empregos bem remunerados em comunidades como Fridley e em todo o país.

 “Estou muito feliz por termos a chance de mostrar ao presidente Biden o trabalho inovador que estamos fazendo em nossa fábrica de Fridley e os esforços dos nossos incríveis funcionários da Cummins”, disse Jennifer Rumsey, presidente e CEO da Cummins.

“Em apenas algumas semanas, começaremos a fabricar um dos nossos principais sistemas de tecnologia para a produção de hidrogênio verde que ajudará a descarbonizar nossa economia e impulsionar a transição para energia limpa – o eletrolisador. O apoio da administração e do Congresso a Biden com legislações como a Lei de Infraestrutura Bipartidária e a Lei de Redução da Inflação estão impulsionando a economia de energia limpa nos Estados Unidos e são essenciais para nossos esforços de descarbonização”.

Coincidindo com a visita, a Cummins anunciou que, além dos investimentos recentes na Fridley, a empresa está investindo mais de US$ 1 bilhão na fabricação de motores nos EUA em Indiana, Carolina do Norte e Nova York.

O investimento fornecerá atualizações a essas instalações para dar suporte às primeiras plataformas de motores agnósticos de combustível do setor que funcionarão com combustíveis de baixo carbono, incluindo gás natural, diesel e hidrogênio, ajudando a descarbonizar as frotas de caminhões do país hoje.

“Os investimentos históricos incluídos nessas leis desempenharam um papel fundamental em nossa decisão de fabricar produtos aqui nos EUA, criando mais empregos que fomentam tecnologia limpa e impactando positivamente nossas comunidades”, continuou Rumsey.

“A produção de eletrolisadores em Minnesota e o investimento em nossas instalações em Indiana, Carolina do Norte e Nova York refletem nossa abordagem em duas frentes para o avanço de soluções baseadas em motores e de emissão zero – uma abordagem que é melhor para todas as nossas partes interessadas e nosso impacto no planeta. Não podemos fazer isso sozinhos, e somos gratos pela parceria e colaboração contínuas com os líderes do Congresso e o governo Biden”.

Mais da metade de todos os caminhões médios e pesados nas estradas dos EUA hoje usam motores Cummins. Este investimento destina-se em reter os milhares de empregos atuais em engenharia e manufatura e apoiar a criação de centenas de novos empregos em Nova York, Carolina do Norte e Indiana, à medida que a Cummins investe em seu pessoal e instalações para aumentar a inovação e a fabricação e acelerar os nossos esforços de descarbonização.

O anúncio inclui os planos da Cummins de investir US$ 452 milhões na planta de motores de Jamestown (JEP) para atualizar suas instalações de 93 mil m2 no oeste de Nova York para produzir a primeira plataforma agnóstica de motor de combustão interna da indústria que utiliza uma gama de combustível de baixo carbono. O X15N faz parte da nova plataforma de motor agnóstico da Cummins de 15 litros produzida na JEP.

 Os clientes da Cummins, incluindo Walmart, Werner, Matheson e National Ready Mix, entre outros, estão começando a testar os primeiros motores da plataforma agnóstica, o X15N. O Walmart receberá a primeira unidade do motor 15 litros movido a gás natural renovável para testes em campo no final de abril, iniciativa pioneira de ambas as empresas.

Eletrolisador Cummins em Fridley, Minnesota

Nas instalações de Fridley, a Accelera by Cummins – marca de tecnologia de emissão zero da Cummins – fabrica eletrolisadores, que são uma peça crítica da economia do hidrogênio verde.

O hidrogênio produzido por eletrolisadores pode alimentar veículos com células de combustível de hidrogênio, bem como processos industriais, como a produção de aço. A fabricação de eletrolisadores em Fridley está ajudando a trazer a cadeia de suprimentos de veículos de emissão zero para os Estados Unidos – particularmente nas indústrias de caminhões pesados – e está empregando centenas de trabalhadores na área com salários bem remunerados.

 A fábrica da Cummins Power Systems é uma instalação de serviços completos de 102 mil m2, concentrando-se em design, produto, engenharia de serviço e fabricação localizada na região norte de Minneapolis. Fundada em 1969, a Fridley emprega mais de 900 pessoas e planeja dedicar 8,3 mil m2 da instalação existente para produção de eletrolisadores a partir de 24 de abril. Este é um investimento de US$ 10 milhões que apoiará 100 novos empregos até 2024.

Bruno Castilho

bruno@cargasetransportes.com.br