20 de abril de 2024

CARGAS

O site dos transportes

Ronaldo Fernandes da Silva, presidente da FM Logistic do Brasil

FM: aposta no Brasil

FM Logistic amplia atuação no país com investimentos de R$ 6 milhões. Empresa registrou crescimento de 30% nos negócios, em 2023, e direcionará recursos para aumentar áreas em São Paulo e Santa Catarina, bem como na abertura de um armazém em Minas Gerais

A potencialidade do Brasil em inúmeros setores da economia segue atraindo a atenção de empresas globais. Há mais de 10 anos no mercado brasileiro, a FM Logistic, um dos principais operadores de logística e supply chain do mundo, investirá, em 2024, em torno de R$ 6 milhões para ampliar a atuação no território nacional. O incremento expressivo nos negócios é reflexo do dinamismo crescente das vendas omnichannel e na busca constante por soluções sustentáveis.

Os recursos da empresa serão direcionados para ampliar em 60% e 15% as áreas de armazenagem em Santa Catarina e São Paulo, respectivamente. A alta demanda nos segmentos alimentícios e de bens de consumo também impactará na abertura de um centro de distribuição em Extrema (Minas Gerais) com 10 mil m2 de área.

“O Brasil é uma das regiões mais importantes para os negócios da empresa e que tem apresentado resultados anuais expressivos. Em 2023, registramos um crescimento de 30%, reflexo da retomada da atuação no setor de transporte, onde ampliamos a oferta de um maior escopo de serviços aos clientes e desenvolvemos novos produtos como o omnichannel e a distribuição urbana, utilizando uma frota ecologicamente sustentável. Nossa projeção é crescer, em média, por ano, 25% no mercado brasileiro”, explica Ronaldo Fernandes da Silva, presidente da FM Logistic do Brasil.

Hoje, a FM Logistic conta no Brasil com uma área total de armazenagem de 80 mil metros quadrados, distribuída em três centros de distribuição multiclientes localizados em São Paulo, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Em novembro de 2023, a empresa inaugurou, no CD da Anhanguera, uma nova câmara para armazenar produtos refrigerados. Com investimento de R$ 4,5 milhões, o espaço conta com uma área de 6 mil metros quadrados e 7 mil posições paletes. “Atualmente, estamos com uma taxa de ociosidade em praticamente 0%. O investimento também será para poder oferecer mais dinamismo às operações dos clientes atuais e dos parceiros futuros”, ressalta o executivo.

No Brasil, os negócios da empresa estão centralizados em 52% no segmento de bens de consumo, 28% em cosméticos, 15% no industrial e 5% no varejo. “Para o mercado brasileiro, vamos ampliar ainda mais a nossa área de armazenagem, atendendo ao crescimento contínuo do comércio online. Hoje, 10% do faturamento da FM Logistic do Brasil é proveniente de operações de e-commerce, com destaque para movimentação de cosméticos e bens de consumo. Por ano, a companhia movimenta, no mercado nacional, mais de 100 milhões de caixas de produtos diversos”, afirma.

Segundo Fernandes, muitos clientes que eram majoritariamente B2B com o crescimento do comércio online, alteraram o escopo de atuação para B2C, atendendo diretamente ao consumidor final.

“Por meio de processos efetivos, investimentos e da digitalização a qual a empresa já estava inserida, fizemos toda essa transição com sucesso, dando suporte ao crescimento dos negócios dos clientes e ampliando ainda mais nosso escopo de atuação no e-commerce. E esse dinamismo seguirá, com recursos estratégicos e direcionados às novas frentes de atuação como o omnichannel, o transporte de cargas na modalidade green – com veículos ecologicamente corretos e, principalmente, estando atentos às inova&cced il;ões esperadas, sempre um passo à frente para atender com total expertise a todo tipo de demanda”, finaliza.

Bruno Castilho

bruno@cargasetransportes.com.br