27 de maio de 2024

CARGAS

O site dos transportes

Tecnologia pode ser utilizada em basculantes sobre chassis

Inclinômetro com internet

Tecnnic apresenta linha Connect de inclinômetros com conexão à Internet. Configurações e relatórios podem ser acessados remotamente. Equipamento está disponível para basculantes sobre chassis e semirreboque

A Tecnnic Eletrônica Industrial, empresa especializada no desenvolvimento de sistemas embarcados para o setor automotivo, apresenta ao mercado a linha Connect de inclinômetros com conexão à internet. “Todas as informações pertinentes a operação podem ser acessadas remotamente pelo gestor”, explica Ricardo Santos, diretor geral da Tecnnic.

A linha Connect está disponível para implementos rodoviários basculantes sobre chassi e semirreboque. Todas as configurações e a extração de relatórios podem ser realizadas pelo aplicativo gratuito ou através do portal WEB.

“O gestor visualiza também o status em tempo real do implemento, inclusive com localização precisa já que o inclinômetro é dotado de um rastreador interno”, completa o executivo.

Toda a conectividade é garantida através de uma conexão Wi-Fi nativa do inclinômetro e, opcionalmente, através da rede de celular 3G/4G/5G. Com a linha Connect a Tecnnic eleva o patamar de segurança e controle dos inclinômetros, um dos equipamentos mais usuais utilizados na operação de basculantes, e que ganhou ainda mais importância com a recente entrada dos implementos rodoviários dotados de quarto eixo.

A Tecnnic é pioneira no desenvolvimento de inclinômetros conectados à internet quando, em 2016, lançou o produto com conexão Bluetooth. Na ocasião, o gestor se comunicava com o equipamento por intermédio de um aplicativo para celular, onde ele podia fazer a configuração do dispositivo, além de acessar o relatório de toda a operação.

O pacote de informações oferecido pelo sistema da Tecnnic contém data, hora e valores de todos os eventos gerados durante a operação de basculamento, bem como a localização GPS de onde eles ocorreram. “O relatório se consolidou como importante ferramenta para análise do perfil dos operadores, bem como para investigação das causas de acidentes envolvendo basculantes”, afirma o executivo. 

Bruno Castilho

bruno@cargasetransportes.com.br