20 de abril de 2024

CARGAS

O site dos transportes

Brasil Log

8ª Feira Internacional de Logística contará com rodada de negócios e driving tests. A Brasil Log é referência para o segmento da logística como feira fora dos grandes centros, e tem como características importantes o ambiente de networking e realização de negócios, além de promover a integração entre executivos, empresas, especialistas e público qualificado

A 8ª edição da Feira Internacional de Logística, a Brasil Log, será realizada entre 24 e 26 de maio, em Jundiaí, a 60 km da capital paulista. Considerado um dos maiores polos logísticos do Brasil, e 15º PIB do país, a cidade tem fácil acesso por rodovias, ferrovia, aeroportos e porto seco.

A Brasil Log é referência para o segmento da logística como feira fora dos grandes centros, e tem como características importantes o ambiente de networking e realização de negócios, além de promover a integração entre executivos, empresas, especialistas e público qualificado.

“A Brasil Log atrai todo o nicho de mercado dos modais rodoviário, ferroviário, aéreo, marítimo e hidroviário, ainda expansão. Além de networking, a Brasil LOG é uma vitrine para expor os serviços e as inovações do setor”, explica Adelson Lopes, diretor-presidente da empresa que organiza o evento.

Para ele, setor logístico foi um dos segmentos que mais cresceram 2022, com perspectiva positiva para 2023. “Há muitos gargalos a serem solucionados na logística em decorrência da demanda. Com a pandemia, o comportamento das pessoas mudou, houve aumento de entregas no porta-a-porta, e empresas que se reinventaram, colocando seus produtos na internet. Há muito espaço para a logística crescer, e se aprimorar com uso de novas tecnologias”.

A 8ª edição da Brasil Log reunirá soluções para todas as áreas, principalmente, tecnologias. A mostra será realizada em uma área de 53 mil m², em três pavilhões para cerca de 60 expositores, incluindo o espaço para a tradicional rodada de negócios e driving tests de empilhadeiras e caminhões.

A expectativa é de que passem pela feira mais de 6 mil visitantes, entre representantes de empresas americanas, alemães e chinesas instaladas no município. O portfólio vai de condomínios logísticos a centros de distribuições, armazenagem, estocagem, consultorias e profissionais como agentes de carga, armadores, despachantes aduaneiros, importadores e exportadores.

“São 18 países já confirmados e 241 cidades no mundo prospectando a feira. Eventos como esse podem contribuir para a chegada de novas empresas multinacionais na região de Jundiaí”, acredita Adelson Lopes.

Bruno Castilho

bruno@cargasetransportes.com.br