4 de dezembro de 2023

CARGAS

O site dos transportes

40 Tonnen Gesamtgewicht: Batterieelektrischer eActros fährt jetzt mit Anhänger im Nordschwarzwald 40 tons gross vehicle weight: battery-electric eActros now drives with a trailer in the Northern Black Forest

eActros com reboque

Veículo já é utilizado nas estradas do norte da Floresta Negra, na Alemanha. Aprovação concedida para operar o caminhão elétrico com reboque – configuração do caminhão já disponível para encomenda. Até o momento, mais de 70.000 quilômetros foram rodados com acionamento elétrico à bateria em mais de sete mil viagens

A Mercedes-Benz Trucks lançou uma nova fase de testes práticos para o eActros na Logistik Schmitt no norte da Floresta Negra, na Alemanha: o e-Actros elétrico à bateria agora está aprovado como uma composição caminhão e reboque com um peso total de 40 toneladas.

A combinação foi entregue à Logistik Schmitt para testes de resistência. O veículo já está disponível para encomenda para clientes nesta configuração. Desde o início dos testes, em 2019, o eActros percorreu mais de 70.000 quilômetros em mais de 7.000 viagens. Como parte deste processo, continuará a transportar caixas de transmissão e componentes de eixos para as fábricas da Daimler Truck em Rastatt e Gaggenau como parte de um cronograma de três turnos, que cobre até 300 km diários no processo.

Steffen Maier, chefe de testes junto a clientes da Mercedes-Benz Trucks, informa que iniciar uma troca intensiva com os clientes numa fase inicial é parte integrante do desenvolvimento dos veículos da montadora.

“Por esse motivo, nossa equipe tem dado apoio à etapa prática dos testes do eActros na Logistik Schmitt desde 2019. Após o lançamento bem-sucedido da produção em série em outubro passado, estamos agora expandindo gradualmente o leque de aplicações para o eActros. Estamos ansiosos para os testes intensivos com a combinação de caminhão e reboque elétricos movidos à bateria no norte da Floresta Negra”.

Rainer Schmitt, sócio-gerente da Logistik Schmitt, disse que eActros como uma combinação de caminhão e reboque é ideal para os propósitos da empresa. “Em combinação com o reboque, o caminhão elétrico agora oferece não apenas um peso total maior, mas também um volume de transporte significativamente maior. Isso significa que podemos transportar o dobro do que outros transportes de carga nas mesmas viagens”.

De acordo com a legislação, para tracionar reboques acima de 10 toneladas, os cavalos mecânicos de composições pesadas de caminhão e reboque devem apresentar um sistema de frenagem contínua. No eActros, esse sistema de freio contínuo é fornecido por um freio de reboque (High Power Brake Resistor, ou HPR, para abreviar – freio de alta potência, em português) para veículos elétricos à bateria.

Na Logistik Schmitt, o eActros 300 (6×2), projetado para operação com reboque, vem equipado com um acoplamento de reboque de eixo central Rockinger. O reboque que acompanha é um reboque de eixo central com carroceria baú de cortina lateral Junge. Com comprimento interno de 7.280 mm, ele ostenta um peso bruto permitido de 18 toneladas.

Produção em série

As baterias do eActros são compostas por três (eActros 300) ou quatro conjuntos de baterias (eActros 400), cada um com uma capacidade instalada de 112 kWh[1] e uma capacidade útil de cerca de 97 kWh[2]. Com quatro baterias, o eActros 400 tem uma autonomia de até 400 quilômetros[3]. A peça central tecnológica é a unidade de acionamento – um eixo rígido elétrico com dois motores elétricos integrados e uma transmissão de duas velocidades.

Ambos os motores refrigerados a líquido geram uma potência contínua de 330 kW, bem como um desempenho máximo de 400 kW. Além disso, ao dirigir de maneira defensiva, a energia elétrica pode ser obtida por meio de recuperação. A energia adquirida durante a frenagem é realimentada nas baterias do eActros e fica novamente disponível para a condução. O eActros pode ser carregado com até 160 kW: três baterias requerem pouco mais de uma hora para carregar de 20% a 80% em uma estação de carregamento rápido, gerando uma corrente de carregamento de 400 A[4].

[1] A capacidade nominal da nova bateria, com base nas condições limite definidas internamente, pode variar dependendo do caso de uso e das condições ambientais.

[2] Energia disponível para operação regular do caminhão com baterias novas.

[3] A autonomia foi determinada internamente em condições ideais, incluindo 4 conjuntos de baterias após pré-condicionamento em tráfego de distribuição parcialmente carregado sem reboque a uma temperatura exterior de 20°C.

[4] Com base em valores empíricos determinados internamente em condições ideais, incluindo uma temperatura ambiente de 20°C.

Bruno Castilho

bruno@cargasetransportes.com.br