27 de maio de 2024

CARGAS

O site dos transportes

DHL duplicando

Área de Transportes da DHL Supply Chain dobra de tamanho e lança matriz em Jandira, São Paulo. Com 190 mil m² de área, 40 mil m² de armazém e 130 docas, empresa consolida carga para distribuição em nível nacional

Líder global em armazenagem e distribuição, a DHL Supply Chain já vinha investindo para alcançar a liderança no mercado de transportes de carga fracionada no Brasil. Nos últimos dois anos, esse movimento foi acelerado, tendo a área dobrado de tamanho.

No modal terrestre, os principais investimentos foram na expansão da equipe e frota, em tecnologia, no fortalecimento da rede de filiais, no hub aéreo no aeroporto de Guarulhos e, principalmente, na criação da Matriz de Transportes, em Jandira (Grande São Paulo), unindo em um mesmo local o Control Tower e o Hub de Consolidação Nacional de carga fracionada.

Com 190 mil m² de área, 40 mil m² de armazém e 130 docas, a estrutura consolida cargas fracionadas (LTL), com origens e destino de/para todo o Brasil. Outra novidade é a expansão do transporte rodoviário/aéreo para o e-commerce que continuar a crescer no país.

“A área de transportes vem ganhando participação em nosso portfólio, pelos investimentos que realizamos, os reflexos da pandemia e pelas mudanças do mercado com o maior fracionamento da carga provocado pelo e-commerce. A Matriz de Transportes em Jandira visa, justamente, fortalecer nossa posição na carga fracionada, além de servir como um ponto de transbordo e otimização de rotas e cargas, facilitando assim a conexão com a nossa malha nacional de distribuição”, afirma Fábio Miquelin, vice-presidente de transportes da DHL Supply Chain.

Localizado próximo ao rodoanel e com acesso às principais estradas do País, a matriz tem docas de dois lados, agilizando o cross-docking. A estrutura consolida (24X7) cargas de diferentes origens e indústrias para distribuição para todos os estados com maior eficiência.

Presta serviços de coletas, transferências, last mile e serviços agregados de transporte, com integração com o hub aéreo da DHL Supply Chain no aeroporto de Guarulhos, agilizando a expedição de carga via este modal. A Matriz de Transportes abriga também a nova Torre de Controle da companhia no Brasil, sendo responsável pela gestão e visibilidade de ponta a ponta de todas as cargas movimentadas pela DHL Supply Chain.

“Expandimos nossa Torre de Controle que passou a monitorar 100% de nossas operações e filiais. Nessa nova configuração, investimos muito em tecnologia, principalmente em visibilidade de toda a cadeia de transporte terrestre e integração da informação de outros modais. Conectamos esta informação também a plataforma MySupplyChain, de forma que nossos clientes possam acompanhar tudo por seu celular”, explica o vice-presidente de transportes da DHL Supply Chain.

A Matriz de Transportes atende a todas as indústrias, com destaque para, além de e-commerce, consumo, varejo, moda, tecnologia, saúde, automotivo e energia. “A Matriz de Transporte aprimora nosso nível de serviço e dá mais flexibilidade aos clientes que podem escolher com mais facilidade o modal, frequência e lotação de suas entregas. Também proporciona mais segurança e simplifica processos com um custo competitivo, uma vez que possibilita apenas um ponto de contato em transportes”, ressalta Fábio Miquelin.

Com a expansão do e-commerce, do omnichannel e de ações de marketing e relacionamento, a entrega tem sido cada vez mais importante na experiência das marcas. Para atender a demanda de diferentes indústrias e situações, a DHL Supply Chain desenvolveu soluções personalizadas, nas quais a empresa realiza entregas de acordo com a necessidade ou característica de seus clientes. São realizadas, por exemplo, entregas em hospitais nas mãos dos médicos, entregas dentro de ambientes empresariais e até mesmo para celebridades.

“Esta solução visa tornar nossa experiência de entrega ainda mais especial e personalizada. Aqui, a logística não tem apenas um papel de fazer chegar o item, mas também de encantar e/ou agregar uma mensagem. Com isso, conseguimos também nos adaptar melhor as especificações de nossos clientes em cada situação”, reforça Fábio Miquelin.

Bruno Castilho

bruno@cargasetransportes.com.br