20 de abril de 2024

CARGAS

O site dos transportes

Anderson Benetti

Frota eficiente

Quatro formas de aumentar a eficiência e minimizar os desperdícios com tecnologia de gestão de frota: manutenção preventiva, gestão de pneus, administração de multas e monitoramento do consumo de combustível são primordiais, segundo articulista

O setor de logística é um do que mais cresce no país. De acordo com dados da Federação Nacional Distribuição Veículos Automotores (Fenabrave), em 2023, o Brasil registrou o emplacamento de 2.179.508 veículos, evidenciando a magnitude do tráfego rodoviário no país.

Outro dado relevante, compartilhado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), revela a distribuição de veículos por tipo de registro no último ano: TAC (transportador autônomo de carga) totalizou 1.032.448 veículos; ETC (empresa de transporte de carga) contou com 1.788.965 veículos; e CTC (cooperativa de transporte de carga) apresentou 36.367 veículos, totalizando 2.857.780 unidades. Diante desse cenário desafiador, como então as empresas de transporte podem reduzir os custos e evitar desperdícios na operação do dia a dia? Investir em tecnologia é a resposta para que a rotina não gere impactos no caixa da companhia.

Otimizar os gastos e minimizar os desperdícios em frotas nem sempre é uma tarefa simples, dadas as complexidades associadas, como a terceirização de serviços e a gestão de múltiplos veículos dentro de uma empresa; mas uma solução eficaz reside na adoção de práticas de gestão sólidas, aliadas à implementação de tecnologias avançadas, que permitirá as empresas colherem uma série de benefícios, incluindo a automação de processos, a tomada de decisões estratégicas e, crucialmente, a redução de custos.

Principais práticas de gestão para redução de custos em frotas

Quando se trata de reduzir custos em uma transportadora, existem quatro práticas recomendadas que abordam a manutenção, o consumo de combustível, a gestão de pneus e a administração de multas. Etapas que podem ser simplificadas e melhor controladas, quando adotamos um sistema de gestão eficiente, que unirá a expertise humana, com a facilidade que a tecnologia oferece.

1. Manutenção Preventiva

É fundamental realizar manutenções preventivas regularmente. Hoje com a tecnologia, por exemplo, monitoramos o retorno dos veículos de viagens e emitimos alertas sobre a necessidade de revisões, garantindo a gestão eficiente de peças e serviços. Os responsáveis pelos veículos recebem notificações individuais com ordens de serviço para executar os cuidados necessários.

2. Gestão de Pneus

Com nossas inovações também é possível monitorar a profundidade do sulco dos pneus, determinando o momento ideal para recapeamento com base em estimativas de vida útil e históricos de movimentação registrados na plataforma. Além disso, o sistema avalia o índice de segurança dos pneus, sinalizando a necessidade de substituição para otimizar os recursos.

3. Administração de Multas

Um controle eficaz das multas pode resultar em economia significativa. O sistema de gestão de transporte oferece um acompanhamento detalhado das multas, incluindo prazos de vencimento, valores a serem pagos, responsáveis e registro do condutor. Além disso, a integração com outras soluções de gestão, como o sistema voltado a área de Recursos Humanos, permite a dedução automática do valor da multa na folha de pagamento, de acordo com as políticas internas da empresa.

4. Monitoramento do Consumo de Combustível

A plataforma permite acompanhar os preços de combustíveis e as médias de consumo mensal, comparando com os dados históricos da frota. Com base em informações como modelo do veículo e quilometragem percorrida, o sistema gera relatórios específicos de consumo e identifica possíveis discrepâncias para investigação.

Ao adotar essas práticas de gestão aliadas à tecnologia avançada, as empresas podem monitorar de perto todas as operações da frota, maximizando eficiências e minimizando desperdícios, especialmente aqueles que impactam diretamente no orçamento e faturamento. São muitos benefícios que uma companhia adquiri quando implementa sistemas tecnológicos na administração, não somente na logística, mas na corporação como um todo. Em 2024, não dá mais para resistir a esse tipo de gestão. Ouso dizer que, organizações que ignorarem a evolução tecnológica que estamos vivendo, está fadada a ruína.

Artigo de Anderson Benetti, Head de Produto da Senior Sistemas