27 de maio de 2024

CARGAS

O site dos transportes

Frota nova no Exército

TCP recebe frota de caminhões inédita para o Exército Brasileiro. Os 20 veículos, fabricados pela empresa norte-americana Navistar Defense, serão levados para Curitiba como parte do Programa Forças Blindadas

 20 caminhões do Exército foram recebidos pela empresa que administra o Terminal de Contêineres de Paranaguá (TCP), no Paraná. De acordo com o Exército Brasileiro, as viaturas MaxxPro Recovery Vehicle são inéditas no país.

Fabricados pela empresa norte-americana Navistar Defense, os veículos serão utilizados para resgates de viaturas blindadas Guarani em campo de batalha. O modelo resiste a disparos de armas de calibre 5.56 mm e 7.62 mm, além de estilhaços de artilharia, minas e explosivos e possui capacidade para reboque de até 42 toneladas.

A aquisição faz parte do Programa Forças Blindadas, que integra o Portfólio Estratégico da Força Terrestre, trazendo mais capacidades à frota blindada. O processo de compra dos veículos teve início em 2018 e passou por diversas etapas, de acordo com os requisitos operativos do Exército Brasileiro.

O coronel Éder Valério Pellegrini, do Comando da 5ª Região Militar, participou das tratativas para operacionalizar o recebimento das viaturas a partir do desembarque no TCP, juntamente com a equipe da Divisão de Importação e Exportação de Materiais da Base de Apoio Logístico do Exército e com os meios logísticos do Comando da 5ª Divisão de Exército.

Pellegrini ressaltou que a tecnologia, a disponibilidade e o atendimento do TCP foram alguns dos fatores que influenciaram na escolha pelo serviço. “Destaco a proatividade na preparação para o recebimento das viaturas, com o pronto-atendimento em todos os canais disponíveis para sanarmos as dúvidas. Outros atrativos foram à proximidade do terminal com a cidade de destino, que é Curitiba, além dos equipamentos modernos do terminal para a movimentação das cargas e um time operacional e administrativo capacitado e experiente, que transmitiu segurança e confiabilidade em todo o processo”, explica o coronel.

De acordo com o gerente de operações logísticas, Fabio Mattos, o terminal trabalha com uma grande estrutura para atender as chamadas cargas projeto, ou seja, cargas com medidas, dimensões e pesos fora dos padrões para o embarque em contêineres convencionais.

“O TCP realiza investimentos pesados em tecnologia e possui uma equipe especializada para alcançar os recordes a cada dia mais. Já operamos minicarregadeiras, escavadeiras, caminhões, colheitadeiras e tratores, movimentando uma média de 600 máquinas mensalmente aqui no TCP. Até o final de 2023, a expectativa é de ultrapassarmos 7.000 máquinas movimentadas”, destaca Mattos.

Os caminhões chegaram pelo navio de rodantes ARC RESOLVE do armador norueguês Wallenius Wilhelmsen. Ao atracar no porto, os veículos desceram pela rampa e foram levadas pela TCP para a área de armazenamento.

A frota blindada, após liberação documental, será transportada para a capital paranaense, cuja responsabilidade está a cargo da Seção Logística do Comando da 5ª Divisão de Exército. O 27º Batalhão Logístico e o 5º Batalhão Logístico serão as unidades militares que conduzirão as vinte viaturas blindadas para o Parque Regional de Manutenção que será o destino provisório até serem distribuídas nacionalmente para outras localidades do Exército Brasileiro.

Bruno Castilho

bruno@cargasetransportes.com.br