20 de abril de 2024

CARGAS

O site dos transportes

Torre de controle da Multilog

Empresa traz mais inovação à operação logística com o desenvolvimento de sua torre de controle, sendo pioneira em contar com um centro de supply chain inovador que utiliza tecnologias avançadas, como IA, e é capaz de melhorar os níveis de serviços, otimizar as operações e reduzir custos

Com o desenvolvimento próprio e interno da torre de controle, a Multilog, uma das maiores operadoras de logística integrada do Brasil, se posicionou como pioneira em contar com um centro de informações de supply chain capaz de aprimorar os níveis de serviço, otimizar as operações e reduzir os custos operacionais.

A torre utiliza tecnologias avançadas e conecta toda a infraestrutura da empresa e o leque de serviços disponíveis, gerando sinergia nas mais de 35 operações logísticas relacionadas aos recintos alfandegados, transportes e centros de distribuição nas diferentes unidades localizadas no Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo e Bahia.

 “A implementação da torre de controle demonstra todo o compromisso da Multilog com a excelência operacional e a adoção de práticas inovadoras, já que oferece uma visão abrangente e integrada das operações, com vistas ao aprimoramento da eficiência, da qualidade dos serviços e o atendimento aos clientes”, afirma Leonardo Moura, gerente de TI da Multilog.

Ele destaca que a torre lida com uma ampla gama de operações logísticas, incluindo o gerenciamento de armazéns, o monitoramento de transporte de cargas, a gestão de estoques, operações aduaneiras, entre outros processos relacionados.

Os ganhos e benefícios são diversos como o monitoramento ativo das operações, já que a Torre de Controle permite um acompanhamento em tempo real de todas as operações logísticas da Multilog. Isso significa que a empresa pode identificar problemas ou desvios rapidamente, possibilitando uma resposta ágil e eficiente para resolvê-los. O monitoramento ativo também ajuda a identificar padrões e tendências, permitindo ajustes e melhorias contínuas nos processos logísticos.

Com a torre de controle, a Multilog é capaz de fornecer aos seus clientes acesso a dados em tempo real sobre suas operações logísticas. Isso traz maior transparência e visibilidade para os clientes, permitindo que acompanhem o status de suas remessas, identifiquem possíveis atrasos ou problemas e tomem decisões informadas com base nessas informações.

A torre também possibilita a otimização da logística da Multilog, ao oferecer uma visão holística e integrada de todas as operações logísticas em curso. Isso viabiliza a identificação de sinergias, otimização de rotas, redução de tempos de trânsito, melhor alocação de recursos e uma logística mais eficiente como um todo. A empresa pode tomar decisões mais embasadas e estratégicas com base nos dados disponíveis, buscando constantemente melhorias e resultados positivos.

Segundo Leonardo Moura, a implementação envolveu o uso de tecnologias avançadas, que inclui o assistente virtual chamado Argos, que é capaz de analisar os dados do Data Lake e fornecer insights valiosos de forma autônoma para a operação. Somando a isso, há a integração de sistemas, incluindo o SAP, CRM Salesforce, Körber WMS e outros sistemas utilizados.

“Toda essa integração de dados de diversas fontes possibilitaram a automação de processos, a identificação de padrões e a geração de insights valiosos. Essa capacidade de tomar decisões baseadas em dados e de oferecer soluções personalizadas aos clientes diferenciou a Multilog como uma empresa data-driven e inovadora”, afirma o gerente de TI da empresa.

Multilog

A Multilog se posiciona como uma plataforma consolidadora de operações logísticas no país. É líder em pontos de fronteiras secas no Mercosul. Possui Registro de Operador Econômico Autorizado (OEA) para atuar em cinco centros logísticos industriais e aduaneiros e um porto seco. Possui 2 escritórios corporativos e 37 unidades com 2,2 milhões m² de áreas de armazenagem. Atende clientes de diversos setores, incluindo alimentos, bens de consumo, saúde, químico, automotivo & industrial, agronegócio e tech.

Fundada em Santa Catarina, com mais de duas décadas de expertise de logística, a empresa recebeu a autorização da primeira Estação Aduaneira do Interior (EADI) em 1996, começando a operar. Em 2016, passou a atuar no Paraná e no Rio Grande do Sul após aquisição de outras empresas do mercado e, ao final de 2017, iniciou em São Paulo. Em 2022, seguindo o projeto de expansão, realizou duas aquisições, que contemplam unidades distribuídas no Nordeste, em São Paulo e Santa Catarina, atingindo o faturamento de R$ 1 bilhão.

Bruno Castilho

bruno@cargasetransportes.com.br