20 de abril de 2024

CARGAS

O site dos transportes

Parceria DHL e Sky

DHL Supply Chain integra operações logísticas da Sky com expedição ágil e logística reversa. Companhia é responsável pela armazenagem e distribuição dos set boxes da operadora de TV por assinatura no Brasil

Ajustar as operações logísticas à flutuação da demanda com confiabilidade e eficiência foi um fator importante de sucesso ao longo da pandemia, como mostra o trabalho desenvolvido pela DHL Supply Chain, líder global em armazenagem e distribuição, para a SKY, a maior operadora de TV por assinatura via satélite do país.

A companhia é responsável pela armazenagem e pela distribuição de peças e set boxes da Sky em todo o Brasil, expedindo mais de 6 milhões de itens por mês a partir de um centro de distribuição (CD) central, em Louveira (interior de São Paulo). A parceria de longa data completa 20 anos em 2023.

“Nos últimos meses, a demanda nesse mercado vem ganhando tração, mas ainda temos flutuações significativas. Com atenção ao planejamento, uma equipe experiente e visibilidade de ponta a ponta, conseguimos sentir de perto o ‘pulso da operação’ e fazer as adequações necessárias, proporcionando agilidade e confiabilidade às etapas do processo, principalmente à expedição”, diz Claudemir Niedo, diretor de operações da DHL.

“É muito importante para nós, da Sky, podermos contar com os serviços e a competência de uma empresa parceira há tantos anos. Que continuemos caminhando lado a lado, sempre em busca de excelência!”, diz Martin Liotta, diretor de logística e planejamento da Sky.

Esse trabalho abrange também a separação de peças que compõem o boxe (cabos, controles, CPEs etc.), a coleta em domicílio e a logística reversa dos aparelhos reparados. Em média, mais de 162 mil peças são expedidas por mês na logística reversa da Sky.

 “Essas atividades conferem uma complexidade ainda maior à operação. Porém, ao integrá-las à parte de armazenagem ocorre uma sinergia importante de área de estoque, equipe, sistemas e fretes. Além disso, o retorno dos equipamentos à casa dos consumidores é um fator fundamental para uma melhor experiência de consumo”, explica o diretor da DHL.

Outra melhoria nessa operação foi proporcionada pela prática de desenvolvimento contínuo adotada pela DHL. Por sugestão de colaboradores, os pallets para entregas passaram a ser agregados em dezenove camadas, passando de 165 caixas para 208 em cada um, o que, além de agilizar o processo de paletização, trouxe ganhos na cubagem e na acomodação da carga nos veículos.

Bruno Castilho

bruno@cargasetransportes.com.br