27 de maio de 2024

CARGAS

O site dos transportes

Da esquerda para direita: Olivier Establet, Facundo Casillas, diretor executivo da Tasa e Javier Mazzarella

Geopost avança na AL

Empresa inicia operação na Argentina. Grupo controlador da Jadlog cria a DPD no país vizinho, em parceria com a Tasa Logística, e prevê investir US$ 20 milhões em cinco anos para formar gigante logística especializada nos transportes B2B e B2C

A rede Geopost, controladora da Jadlog no Brasil, avança na América Latina (AL) com a criação da DPD Argentina, uma joint venture com a Tasa Logística, transportadora local com mais de 80 anos de mercado e atuação na Argentina, no Chile, Paraguai e Uruguai. A partir de um plano de investimentos de US$ 20 milhões em cinco anos, o objetivo da Geopost é fazer da DPD Argentina uma gigante logística e torná-la a principal referência nas entregas B2B e B2C.

A partir desta associação, a Tasa agrega aos seus serviços a entrega de última milha, ou seja, a atuação no B2C, voltada especialmente ao e-commerce, no qual a rede Geopost é especialista no Brasil e em mais de 45 países. Por outro lado, a Tasa é especializada em armazenagem e transportes B2B, garantindo uma atuação à DPD Argentina nos dois segmentos.

“Estamos levando ao mercado argentino todo o know-how e expertise da rede Geopost nas entregas do e-commerce, bem como as tecnologias envolvidas, para que, junto com a trajetória da Tasa e sua carteira de clientes, possamos fazer da DPD Argentina uma referência em transportes”, afirma Olivier Establet, vice-presidente da Geopost e COO da Geopost Américas.

A criação da joint-venture no páis vizinho é a segunda operação na região, após a compra, em 2017, da participação na Jadlog. Segundo Establet, a expectativa é alcançar o mesmo sucesso que vem sendo obtido pela Jadlog no Brasil, com o aumento da participação nas entregas do e-commerce, setor que se torna cada vez mais estratégico dentro do varejo como um todo.

“As maiores oportunidades de negócios na Argentina estão na oferta de soluções integradas para o B2B e também para o B2C, considerando o desenvolvimento e crescimento do comércio eletrônico, além da logística reversa que também iremos oferecer aos nossos clientes”, afirma o country manager da DPD Argentina, Javier Mazzarella.

A implementação dos serviços de entregas para os consumidores se iniciará já neste ano, considerando que, atualmente, 67% das entregas B2C na Argentina são em domicílio. A DPD Argentina também prevê desenvolver soluções OOH (Out of Home, fora de casa), a exemplo do que ocorre no Brasil com o Pickup, da Jadlog, em que é possível retirar e depositar as encomendas em pontos parceiros, baseadas em serviços da Geopost reconhecidos mundialmente.

A Geopost, que pertence ao grupo francês La Poste, é a maior rede de entrega de encomendas da Europa, que registou receitas de 15,6 bilhões de euros em 2022, tem 122.000 colaboradores em todo o mundo que geriram 2,1 bilhões de encomendas no ano passado e tem mais de 83.000 lojas de encomendas (PUDOs ou Pontos Pick up e Drop Off) em todo o mundo.

Com um forte compromisso com o meio ambiente, a Geopost aspira tornar-se a referência internacional na entrega sustentável. A Geopost é a empresa global de entrega de última milha com as mais ambiciosas metas de redução de emissões de CO2 de curto e longo prazo aprovadas pela iniciativa Science Based Targets (SBTi). Esta aprovação histórica apoia cientificamente o plano da Geopost de atingir o zero líquido até 2040.

Bruno Castilho

bruno@cargasetransportes.com.br