20 de abril de 2024

CARGAS

O site dos transportes

Maycon Lima

Fulfillment

Por que interessa aos pequenos e grandes?  São muitos os benefícios que o fulfillment pode proporcionar ao e-commerce e está cada vez mais difícil resistir a ele quando se tem um negócio online

Mais tecnologia para atender a demanda do escoamento, descentralização do estoque, redução de despesas, implementação de recursos mais inovadores. São muitos os benefícios que o fulfillment pode proporcionar ao e-commerce e está cada vez mais difícil resistir a ele quando se tem um negócio online.

Ao contrário do que muitos pensam, a terceirização das operações logísticas não está reservada somente aos grandes players. Ela é uma prática que, sem dúvidas, funciona muito bem para negócios de todos os portes.

Há muitas demandas dos pequenos varejistas que podem ser atendidas com o fulfillment. Por exemplo, uma das principais dores das pequenas e médias operações é o alto custo operacional, dada à baixa concentração de volume. Com a consolidação de diversas operações, o fullfilment torna os custos mais atrativos, viabilizando maior crescimento e garantindo estabilidade a estas operações.

Para os pequenos, certos investimentos passam a não fazer sentido quando são colocados na ponta do papel, e comparados a um modelo de terceirização. Imagine contar com um, dois ou até mais CDs para armazenar suas mercadorias. Os gastos com espaço físico, equipamentos, colaboradores e meios de transporte se tornam despesas consideráveis para os empreendedores. Logo, o fulfillment também representa economia.

Já do lado dos grandes marketplaces, todos sabem que eles têm como objetivo crescer as vendas. Toda vez que um shopping virtual precisa focar seus esforços em áreas que não são objeto do seu negócio, ele investe grandes esforços nessas outras atividades, deixando de focar no que realmente interessa.

Isso faz com que o modelo de fulfillment se torne atrativo, uma vez que possibilita que toda a cadeia logística, seja ela interna ou dos sellers, seja operada por uma empresa que já possui em sua estrutura diversos sistemas voltados para este objetivo. Obviamente, os melhores indicadores de resultado são entregues por especialistas.

A opção pela terceirização é determinante para alcançar novos patamares. Há casos de clientes que conseguiram uma taxa de pontualidade de 98%, por exemplo. E há muitos outros índices que podem ser aprimorados, como velocidade na entrega, redução das reclamações e nível de satisfação do cliente.

A elasticidade do modelo de fulfillment se deve ao fato de que ele está baseado na operação. Não importa o segmento em que a empresa se encontra; o fulfillment permite que a sazonalidade de uma categoria ou de uma linha seja compensada por outra, de outro segmento, fazendo com que a estrutura flexível esteja sempre pronta para realizar o atendimento.

O uso de tecnologias é outro ponto forte da terceirização, pois permite a flexibilização dos modelos de operação, sejam eles armazenagem, operação ou transporte. Vale lembrar que os maiores problemas de desempenho logístico do e-commerce, no Brasil, residem nas etapas que vão da preparação e envio do pedido por parte do consumidor até a transferência do produto ao transportador para a realização da entrega física.

No fulfillment, o fornecedor fica responsável por tudo isso, utilizando tecnologia e fazendo com que o escoamento tenha mais fluidez — afinal, ele entende muito mais da logística do que os lojistas. Fazer isso internamente pode ser uma dor de cabeça porque envolve decisões e infraestrutura que não fazem parte do nosso negócio.

A tecnologia desempenha papel crucial neste mercado; cada vez mais ela está diretamente relacionada ao aumento de produtividade e à possibilidade de prever acontecimentos. Portanto, ela tem sido um diferencial importante para que os players optem pelo modelo de terceirização.

Para e-commerces de todos os portes, adotar um modelo de fulfillment significa ganhar profissionalização em etapas extremamente importantes da cadeia. Nele, os sistemas de ponta, os profissionais experientes em logística e a gestão específica fazem com que os resultados sejam de excelência. E com vantagem de ter a conta rateada no final.

Artigo de Maycon Lima, diretor de operações da UX Group