27 de maio de 2024

CARGAS

O site dos transportes

Log-In celebra resultados

Log-In Logística Intermodal celebra marcos importantes para os negócios da companhia em 2022. Empresa apresentou crescimento de 50,6% na ROL e 42,7% no EBITDA entre os meses de janeiro e setembro (9M22)

A Log-In Logística Intermodal, empresa de soluções logísticas, movimentação portuária e navegação de Cabotagem e Mercosul, inicia o ano de 2023 celebrando importantes conquistas, obtidas ao longo do último ano. Com um crescimento vertiginoso e com ampliação da atuação no mercado, a partir da aquisição da Tecmar Transportes, a organização ainda promoveu importantes iniciativas que contribuíram para o fortalecimento e a consolidação da marca no setor logístico.

Entre janeiro e setembro de 2022 (9M22), a Log-In apresentou um aumento de 50,6% na Receita Operacional Líquida (ROL), se comparado ao mesmo período de 2021, registrando mais de R$ 1,5 bilhão de Receita. Quanto ao EBITDA, a empresa alcançou um crescimento de 42,7%, no mesmo período, com um valor superior a R$ 269,9 milhões. Os resultados consolidados de todo o ano de 2022, bem como o do quarto trimestre, serão divulgados, ainda, em março deste ano.

A alta da receita operacional observada no 9M22 foi determinada, especialmente, pelo maior volume transportado na navegação, beneficiado pela entrada de novos clientes, melhor mix movimentado e conversão de cargas do rodoviário, bem como o impacto da entrada da Tecmar (empresa especializada em carga fracionada) para os resultados da Log-In. Outro fator determinante foi o resultado apresentado pelo Terminal Portuário de Vila Velha (TVV), que garantiu o ROL 23% maior se comparada ao 9M21, devido ao incremento nos serviços de armazenagem e serviços assessórios, com a movimentação de cargas com alto valor agregado.

Já o aumento de EBITDA deve-se, sobretudo, a fatores como o crescimento da ROL e de volumes movimentados quando comparado ao 9M21, demonstrando a evolução da eficiência no negócio e aos recordes consecutivos de EBITDA no Terminal Portuário de Vila Velha (TVV) durante 2022, impulsionados pelo aumento de receita do terminal, maior movimentação nos volumes de carga geral e crescente captura de serviços acessórios.

De acordo com o CEO da Log-In, Marcio Arany, os resultados obtidos entre janeiro e setembro de 2022 foram profundamente positivos para os negócios da companhia. “Neste período, registramos recordes históricos recorrentes, o que demonstra a resiliência e a robustez dos negócios da Log-In. Com a certeza de que estamos trilhando o caminho certo, confiamos que em 2023 teremos resultados ainda mais promissores”, explica.

Aquisição da Tecmar transportes

Outro ponto de destaque do ano de 2022 para a Log-In foi a consolidação da aquisição da transportadora Tecmar, pelo valor de R$ 102,7 milhões. Atuante no segmento de transporte rodoviário, a companhia se distingue, especialmente, pela carteira diversificada de clientes, capilaridade de rotas e expertise na execução de cargas fracionadas.

Além disso, com mais de 20 anos de atuação, a transportadora está presente em todo o país, com clientes de alta relevância e de diferentes setores, sobretudo nas regiões Sul, Sudeste e Nordeste, que representam cerca de 95,2% das vendas.

Embora a principal modalidade seja a de cargas fracionadas, a Tecmar também atua no modal de armazém geral, o que contribui ainda mais para a sinergia com os negócios da Log-In. Entre os principais indicadores operacionais, destacam-se a equipe com 1.700 colaboradores diretos; frota própria com 1.026 veículos; frota agregada com 1.740 veículos; cerca de 40 mil toneladas movimentadas por mês; 60 mil entregas por mês; além de 20 filiais próprias e 27 franqueadas, mais de 250 docas; mais de 100.000 m² em galpões; e uma carteira com mais 2 mil clientes.

Segundo Arany, a aquisição faz parte da estratégia de negócios da empresa, que tem como objetivo ampliar suas operações e seguir realizando investimentos que contribuam para o crescimento da Log-In.

“A aquisição da Tecmar corrobora diretamente para expansão das operações da companhia e contribui para a criação de valor para os negócios da empresa. A cada dia, a sinergia entre as duas companhias se mostra mais eficiente, o que demonstra a assertividade e a importância estratégica desta negociação”, comenta.

Entre os ganhos gerados a partir da parceria está a aquisição do Grupo Oliva Pinto, no final do ano passado. O Grupo Oliva Pinto atua no ramo de transporte rodoviário, movimentação logística e armazenagem de cargas há 33 anos, com foco na região norte do país. 

A empresa também se destaca por operar via frota própria, além de possuir um terminal com área total de 70.000m², localizado no Distrito Industrial de Manaus – AM, região estratégica para os negócios da Log-In. O espaço conta com capacidade para aproximadamente 7.000 TEUS e um segundo terminal em desenvolvimento na cidade de Boa Vista, em Roraima.

Arany comenta que a aquisição da nova marca reforça o compromisso da Log-In em apostar no transporte intermodal. “Com a aquisição da Oliva Pinto reforçamos ao mercado que estamos interessados em seguir investindo em alternativas que contribuam para a cultura da multimodalidade, agregando ainda mais valor aos acionistas e potenciais clientes”, aponta o executivo. 

Agenda ESG

Além dos expressivos resultados financeiros, e a aquisição da Tecmar e Oliva Pinto, a Log-In investiu fortemente em iniciativas alinhadas a uma agenda ESG, com ações voltadas aos três pontos centrais: Governança Corporativa, Sustentável e Social.

A primeira delas trata-se da divulgação do segundo relatório de sustentabilidade da companhia. Baseado nas diretrizes da Global Reporting Initiative (GRI), o documento foi elaborado e divulgado com objetivo de ampliar a transparência das iniciativas implementadas pela companhia.

O relatório aponta indicadores qualitativos e quantitativos de 2021, a partir de uma matriz de materialidade desenvolvida em 2020, apoiada nas melhores práticas ESG (Environmental, Social and Governance). O reporte aborda, ainda, os modelos de governança corporativa, gestão, engajamento e compromissos com colaboradores, cadeia de valor e meio ambiente, exercidos pela Log-In.

Outro destaque está relacionado à conquista do selo Great Place To Work Brasil pelo TVV. Com o reconhecimento, o Terminal se consolida entre as cinco melhores empresas para se trabalhar no estado do Espírito Santo.

Além disso, para ampliar a diversidade e a presença feminina em cargos de liderança, especialmente, nas áreas marítima e operacional, a companhia lançou, em 2022, a segunda edição do Programa Navegar, iniciativa pioneira no setor que recruta exclusivamente mulheres para as principais posições na hierarquia de um navio. Ao todo, foram três vagas, sendo uma para Comandante, uma Chefe de Máquinas e uma Imediata.

As ações voltadas à diversidade e equidade de gênero não param por aí. Pela primeira vez, a Log-In conquistou a segunda colocação no Prêmio ANTAQ, que visa reconhecer empresas atuantes nas atividades de prestação de serviços de transporte e exploração da infraestrutura portuária, que tenham adotado iniciativas socioambientais geradoras de melhorias institucionais.

O projeto responsável pela premiação, intitulado Programa Mulheres Na Operação, foi criado no início de 2021 pela área de Consultoria Interna da Log-In. A iniciativa visa fomentar a presença feminina em cargos que culturalmente são destinados aos homens no setor de logística, portos e terminais, como no Terminal Portuário de Vila Velha (TVV), além de apostar na diversidade atrelada a um futuro mais sustentável.

De acordo com dados da companhia, a realização do programa proporcionou um aumento de 190% na participação feminina na área de operação da Log-In, em comparação a 2019. No percentual geral, foi registrado um crescimento de 80% no total de mulheres no TVV, também comparado com o mesmo período.

Navegação

No ano passado, a Log-In comemorou 22 anos de sólida atuação no Trade do Mercosul. Atualmente, a Log-In conta com um serviço focado no trade Brasil-Argentina, além de uma rota complementar para Assunção, no Paraguai. Com crescimento de 50% no volume movimentado neste trade, se comparado aos meses de janeiro a setembro (9M21), o Mercosul exerce papel crucial para a consolidação dos resultados financeiros e operacionais da empresa.

Os serviços na região acontecem a partir do serviço Atlântico Sul, o qual conta com escala semanal no porto de Buenos Aires e quinzenal em La Plata (TecPlata), na Argentina. Este modelo de tráfego é uma das prioridades da Log-In, que atende uma vasta cartela de clientes dos mais diversos segmentos da indústria.

Bruno Castilho

bruno@cargasetransportes.com.br