20 de abril de 2024

CARGAS

O site dos transportes

Mantendo o ritmo

Volume de emplacamentos se aproxima do resultado de 2021. Total registrado de janeiro a novembro chegou a 140.639 unidades. Primeiros resultados de negócios realizados na Fenatran deverão ser registrados em dezembro

O volume de emplacamentos de implementos rodoviários de janeiro a novembro de 2022 está mais próximo do resultado apurado no ano passado. Em onze meses foram vendidos 140.639 produtos, ante 147.739 unidades em 2021.

O resultado ainda não inclui as unidades comercializadas na Fenatran.“O evento foi extremamente positivo para o setor e nos próximos meses os emplacamentos relativos aquelas vendas vão surgir na estatística de desempenho da nossa indústria“, avalia José Carlos Spricigo, presidente da ANFIR – Associação Nacional dos Fabricantes de Implementos Rodoviários.

Na edição desse ano da Fenatran, o setor produtor de implementos rodoviários esteve representado por 50 empresas do segmento que ocuparam 13 mil metros quadrados de área do São Paulo Expo.

Segmentos

As vendas de reboques e semirreboques, de  janeiro a novembro de 2022, foram de 75.248 produtos. No mesmo período do ano passado o total foi de 82.188 unidades, o que representa retração de 8,44%.

“É importante ressaltar que o menor número de produtos vendidos não significa necessariamente queda nos negócios porque a entrada do 4º eixo fez direcionar para o produto algumas vendas que seriam para o bi-trem“, explica Spricigo.

No segmento de carroceria sobre chassis a indústria entregou ao mercado, de janeiro a novembro deste ano, 65.391 unidades, ante 65.551 produtos em igual período de 2021. Isso representa praticamente o mesmo desempenho entre os dois períodos.

Bruno Castilho

bruno@cargasetransportes.com.br