27 de maio de 2024

CARGAS

O site dos transportes

Feira de Hannover 2022

Soluções nas feiras

Empresas de transporte buscam soluções em feiras de transporte e logística. Nova edição da IAA Transportation 2022 mostrou a potência do desenvolvimento no transporte de cargas

O uso da tecnologia no transporte rodoviário de cargas vem sendo um grande aliado para o setor, tanto para os profissionais quanto para as transportadoras, os quais vêm se beneficiando de softwares e de dispositivos que facilitam e agilizam algumas rotinas.

Porém, o fator tecnológico não está direcionado somente dentro dos processos empresariais e logísticos. Nos últimos anos, esse agregador tem se expandido às marcas que desenvolvem caminhões e implementos rodoviários pelo mundo e que buscam novas soluções em seus produtos para se manterem atrativas no mercado e para apresentar soluções aos transportadores.

Com isso, muitas feiras relacionadas ao setor de transporte e logística vêm sendo fomentadas para que as empresas e lideranças do segmento possam entender os movimentos de cada fornecedor.

Um exemplo recente é a IAA Transportation 2022, realizada no último mês em Hannover, na Alemanha, considerada o maior salão de transporte e logística focada em reunir toda a indústria automotiva para apresentar suas inovações, como peças e componentes com a mais alta tecnologia aos empresários e empresas do setor.

Danilo Guedes, CEO da ABC Cargas e que esteve presente na feira, diz que é extremamente importante pessoas ligadas a esse nicho participarem dessas exposições: “Várias startups especializadas estão sendo presentes na feira, focando na gestão de combustíveis, no monitoramento de transportadores e em telemetria. É muito importante que nós do setor estejamos antenados nas novidades e saber que novas empresas buscam modelos cada vez mais atuais de negócios num segmento tão tradicional”, descreve o executivo.

Durante a exposição, grandes marcas como Ford, Iveco, Mercedes-Benz, Scania, MAN, Volvo e DAF puderam levar os seus principais protótipos que serão desenvolvidos.

Embora as novas tendências estejam sendo demonstradas em terras estrangeiras, muitos empresários e empresas acreditam que isso terá um impacto no solo brasileiro.

“Caminhões elétricos, a gás e movidos a hidrogênio foram as principais novidades da IAA. Ver essas inovações de perto faz com que a iniciativa privada pressione de alguma maneira o governo para acelerar as transformações na matriz energética do Brasil”, destaca Danilo Guedes.

Com a chegada em 2023 do Euro 6 — projeto que determinará um conjunto de normas regulamentadoras sobre emissão de poluentes para motores a diesel –, foi exigido que alguns expositores tivessem uma linha de produção diferente, apostando assim seus investimentos na geração de motores sustentável.

Com essa visão de negócios apresentados por toda indústria automotiva, Danilo comenta sobre o que foi mais impactante e se pretende implementar algumas dessas novidades em sua empresa.

“Além de ver as novidades dos caminhões, meu foco foi buscar inovações em carretas (pranchas para caminhões) e em dispositivos para melhorar a nossa eficiência com relação a avarias e a redução de custos. Iniciamos alguns contatos e acreditamos que nos próximos meses vamos adotar algumas ferramentas”, acrescenta o CEO.

No entanto, para que essas tendências cheguem ao território brasileiro de forma gradativa, as lideranças governamentais precisam investir na infraestrutura do país, mesmo que o transporte rodoviário de cargas siga se desenvolvendo com bastante força.

“Uma mudança de modal levará anos para acontecer. Não é somente uma pré-disposição ou um planejamento de longo prazo que trará outras possibilidades de modais ao Brasil. Temos que considerar que somos um país de tamanho continental e com um relevo bem complicado em algumas regiões, que levaria muito tempo e alto investimento do setor público”, destaca Danilo Guedes.

Por outro lado, mesmo que exista um destaque para as novidades vinda da Europa, o Brasil também é pioneiro em apresentar aos seus executivos do transporte novidades que darão esperança por uma evolução mais sustentável.

Para isso, acontecerá o evento Salão Internacional do Transporte Rodoviário de Cargas (Fenatran), em novembro deste ano, em São Paulo, que também servirá para ajudar as lideranças do setor a se situarem das novidades que surgiram.

“Todas as feiras são importantes para o setor e acredito que a Fenatran trará muitas novidades. A chegada do Euro 6 dá um peso maior para que a indústria automotiva apresente suas melhores referências”, finaliza o executivo.

Bruno Castilho

bruno@cargasetransportes.com.br