22 de maio de 2024

CARGAS

O site dos transportes

Elétricos em série

Volvo inicia produção em série de seus caminhões elétricos pesados na Europa das versões FH, FM e FMX. Com isso, a marca torna-se a primeira a fabricar ‘brutos’ com esta tecnologia em escala industrial de forma regular

A Volvo Trucks está iniciando, na Suécia, a produção em série das versões elétricas de seus veículos Volvo FH, FM e FMX, modelos com capacidade total de 44 toneladas. Com isso, a marca torna-se a primeira a fabricar caminhões elétricos pesados em escala industrial de forma regular.

“Este é um marco que comprova que estamos liderando essa transformação da indústria, com a produção em série dos nossos pesados elétricos para atender os transportadores em toda a Europa. À frente, temos planos de introdução destes veículos também em outras regiões e continentes”, afirma Roger Alm, presidente mundial da Volvo Trucks.

A produção começa na fábrica de Tuve, em Gotemburgo, e no próximo ano chega à planta de Ghent, na Bélgica. Os pesados elétricos são fabricados na mesma linha de montagem dos veículos com motor a combustão, o que traz alta flexibilidade de produção e ganhos de eficiência. As baterias são fornecidas pela nova unidade de montagem de baterias da Volvo Trucks em Ghent.

A demanda por caminhões elétricos está crescendo rapidamente em muitos mercados, por conta da necessidade dos embarcadores por um transporte livre de combustíveis fósseis, com metas de sustentabilidade.

Agora a montadora está produzindo em série seis modelos elétricos, entre semipesados e pesados, a mais ampla gama da indústria de caminhões. A linha elétrica da marca tem condições de atender boa parte da demanda de transportes na Europa. De acordo com as estatísticas da Eurostat (2018), 45% de todas as mercadorias que circulam nas estradas do continente europeu viajam distâncias inferiores a 300 km.

“Já comercializamos cerca de mil caminhões elétricos pesados. Incluindo outras faixas de peso, já são mais de 2,6 mil elétricos Volvo. Nossa expectativa é de que os volumes aumentem significativamente nos próximos anos. Até 2030, pelo menos 50% dos caminhões que venderemos globalmente deverão ser elétricos,” comenta Roger Alm.

A linha elétrica da Volvo Trucks cobre ampla variedade de aplicações, como distribuição urbana, coleta de lixo, transporte regional e canteiros de obras.

Bruno Castilho

bruno@cargasetransportes.com.br