20 de abril de 2024

CARGAS

O site dos transportes

Supply chain e food service

Entenda o papel do supply chain na redução de custos das redes de food service. CEO da KPL Supply Solution destaca como a gestão apropriada de demandas influencia em melhores resultados no negócio

A supply chain ou cadeia de suprimentos – traduzido para o português -, representa o processo logístico de uma empresa que é capaz de otimizar e monitorar atividades, informações, pessoas e mecanismos com foco na entrega final para os clientes.

No segmento de food service esse recurso se faz ainda mais necessário, principalmente devido ao crescimento do setor nos últimos anos. Segundo uma pesquisa realizada recentemente pela Associação Brasileira da Indústria de Alimentos (ABIA), em 2021, houve um aumento de 26% da participação do ramo de food service nas vendas da indústria de alimentos e bebidas, o que representa um faturamento de R$ 176,3 bilhões.

Assim como outros segmentos, a área de logística também vem crescendo de forma exponencial nos últimos anos, principalmente por administrar diferentes demandas do mercado. É o caso, por exemplo, da logtech KPL Supply Solution, que  realiza toda a gestão de supply chain do segmento de food service, especialmente no franchising, garantindo a entrega de suprimentos aos pequenos e médios franqueados com o melhor custo-benefício, mais qualidade e de forma mais rápida.

Considerado como o elo das cadeias de abastecimento e distribuição, o setor de logística tem sido um dos principais responsáveis pela implementação de recursos com foco na redução de custos do food service. “As supply chains são responsáveis por garantir a eficácia de processos de entrega entre fornecedores e clientes, o que significa automatizar e suprimir elos encontrados entre as partes. Dessa forma, é possível garantir eficiência, com menores custos de forma segura e escalável”, comenta Rodrigo Pitombo, sócio-fundador e CEO da KPL Supply Solution.

No que se refere ao franchising, o aumento de preços dos insumos da cadeia de food service tem gerado muitos desafios para os franqueados do setor. “São nesses momentos de ajustes de preços que se faz necessário um acompanhamento do processo de compras e acordos com as marcas relevantes para os negócios. Além da flutuação de preços, não existe garantia de abastecimento de produtos em determinadas regiões, acarretando compras emergenciais de fornecedores não homologados. Isso acaba comprometendo a experiência do consumidor com a marca e custos que colocam o resultado financeiro do franqueado em risco”, pontua o executivo.

De modo geral, além de estar diretamente ligada ao sistema de preparação e transporte, a supply chain também envolve outros processos estratégicos que visam atender as diferentes demandas dos negócios, com foco na otimização do tempo, aprimoramento de serviços e redução de custos.

“Garantir a redução de gastos significa aplicar uma gestão apropriada a seus serviços, seja evitando desperdícios com matéria-prima, aumento desnecessário de estoque ou falta de cumprimento de prazos. Manter um bom controle da cadeia de suprimentos é essencial para potencializar a padronização de uma rede, de maneira a atingir os resultados esperados”, finaliza o CEO.

KPL Supply Solution

Fundada em 2018 pelos empreendedores Rodrigo Pitombo e Carolinne Couto, a KPL Supply Solution é uma logtech que realiza toda a gestão da cadeia de suprimentos do segmento de food service, especialmente no franchising.

Além da expertise no transporte da carga, a empresa faz toda a gestão estratégica do fluxo de operação, garantindo a entrega de suprimentos aos pequenos e médios franqueados com o melhor valor de mercado, mais qualidade e de forma mais rápida. Atualmente a empresa conta com frota própria e terceirizada e centros de distribuição em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Bruno Castilho

bruno@cargasetransportes.com.br