27 de maio de 2024

CARGAS

O site dos transportes

Lucas Buffo

E-commerce com produtos perecíveis

Com a pandemia, muitos estabelecimentos se voltaram ao mundo online mas ainda pecam na hora de efetuarem a entrega para o consumidor

Um dos grandes desafios do e-commerce sempre foi a política e logística de entregas. A agilidade na separação e envio do produto é essencial para atender as expectativas do consumidor. Para mostrar cuidado em todas as etapas, garantindo satisfação e fidelizando o cliente, é preciso mostrar zelo na embalagem para que tudo chegue como previsto, sem danos. Quando falamos de produtos perecíveis, caso de flores, por exemplo, essa preocupação é ainda maior!

A pandemia acelerou um processo que já vem há muito tempo sendo debatido no comércio, e muitos dos estabelecimentos físicos tiveram que se adaptar ao e-commerce da noite para o dia. “Entregar um produto não é simplesmente deixá-lo na porta, é preciso ter uma visão estratégica também sobre este ponto, porque a imagem do seu negócio está presente ali, naquele exato momento”, afirma Lucas Buffo, CEO da Flores Online, o primeiro e-commerce de flores e presentes especiais do país.

Nascida em um ambiente digital, e lidando diretamente com produtos perecíveis, a marca compreende bem a importância do assunto, principalmente porque grande parte das entregas são feitas no mesmo dia.

“Temos um produto extremamente delicado. As plantas e flores sofrem com o clima, o arranjo pode desfazer, vasos podem quebrar, tudo é suscetível de acontecer”, conta. Buffo. Para lidar com essa entrega rápida sem abrir mão da qualidade, a Flores Online conta com mais de quatro mil floriculturas parceiras e o Centro de Distribuição em São Paulo que já começa as operações às 5h da manhã.

“Quando os pedidos são recebidos, organizamos de acordo com a urgência e acionamos a floricultura parceira mais próxima. A cada etapa do processo, o cliente recebe uma mensagem do status de seu pedido”, informa o CEO da empresa. Para manter o mesmo padrão do que é comercializado no site, a marca promove treinamentos com as parceiras, dando ênfase no processo produtivo, na logística e na montagem dos arranjos.

“Temos outro cenário, que é ainda mais difícil de trabalhar mas que precisamos analisar, que é o fato de também lidarmos com sentimentos. Quando o meu cliente envia uma flor para alguém, carrega junto um sentimento de amor, de amizade, de carinho. E eu enquanto empresa não posso deixar que a pessoa receba isso “de qualquer jeito”, completa. Para isso são muitos detalhes que precisam ser repassados e aprendidos, como técnicas para conservar flores frescas durante a entrega. Neste ponto, uma opção é envolver hastes em algodão embebido em conservantes, por exemplo.

Flores Online

Fundada em 1998, a Flores Online é o primeiro e-commerce de flores e presentes especiais do país, que visa incentivar a comercialização de produtos artesanais, em qualquer momento e para qualquer tipo de relação. A empresa, criada pela Família Casarini, recebeu investimentos da X8 Investimentos e, atualmente, conta com novo comando. Em julho de 2017, Luiz Torres e Lucas Buffo assumiram a operação da companhia, que passou a integrar o Grupo Flora, ao lado de Isabela Flores e Uniflores. Lucas é o atual CEO da Flores Online e Luiz Torres assumiu o aplicativo Gingo.

Bruno Castilho

bruno@cargasetransportes.com.br