27 de maio de 2024

CARGAS

O site dos transportes

Puxando o MB Arocs

Homens mais fortes do mundo foram desafiados a puxar o caminhão por 15 metros – canadense Jean-François Caron foi o grande vencedor da prova e de toda a competição

Recém-lançado no Brasil, o caminhão extrapesado Mercedes-Benz Arocs 8×4, basculante para severas operações da mineração e da construção pesada, estreou com sucesso num evento esportivo internacional no Brasil. Puxar o veículo por 15 metros – um caminhão de 12 toneladas – foi a prova final do Força Bruta 2022, competição que estabeleceu duros desafios de força e resistência a quatro dos homens mais fortes do mundo.

Jean-François Caron, do Canadá, foi o grande vencedor, conquistando a pontuação máxima após as três provas do dia. Ele foi o único a levantar a “Carroça Humana” com nove pessoas, além de arremessar 10 barris, entre 17 e 26 kg, sobre uma barra de 5 metros de altura, no menor tempo. Por fim, Caron foi quem puxou o Arocs por 15 metros no menor tempo.

O segundo lugar do Força Bruta 2022 ficou com Rauno Heinla, da Estônia, seguido por Rob Kearney, dos Estados Unidos, e Dmitrii Skosyrskii, da Rússia.

O evento foi realizado em Cotia, na Grande São Paulo, com a presença de público e proteção contra a Covid-19. Mas o alcance de público foi muito maior, porque o Força Bruta foi transmitido, ao vivo, pelo Esporte Espetacular da Rede Globo, com repercussão em programas esportivos e em telejornais da emissora.

“Numa empolgante e desafiadora competição de força e resistência entre strongmen, o Arocs foi uma atração especial, destacando-se pelo design arrojado e imponente”, afirma Roberto Leoncini, vice-presidente de vendas e marketing caminhões e ônibus da Mercedes-Benz do Brasil. “Além disso, a altura de 3,7 metros do nosso gigante off-road também chamou muito a atenção do público presente no evento, como de quem viu pela TV”.

Caminhão extrapesado basculante, de acordo com Leoncini, o Arocs 8×4 veio revolucionar as operações fora de estrada no Brasil, sendo indicado para a mineração, construção civil pesada e grandes obras de infraestrutura. Esse gigante tem capacidade técnica para até 58 toneladas de PBT – peso bruto total e 150 toneladas de CMT – capacidade máxima de tração, conforme as condições de operação. Ele está preparado para receber básculas de 20 a 24 metros cúbicos de capacidade volumétrica de carga.

“O Arocs 8×4 traz em seu DNA a origem alemã, destacando-se pelo seu alto padrão de qualidade e eficiência. Aqui, no Brasil, ele foi desenvolvido e intensamente testado pelos nossos engenheiros em operações severas fora de estrada e nos locais de trabalho de empresas que são referência no setor de mineração”, afirma Roberto Leoncini. “Ou seja, esse nosso gigante off-road nasceu em operações reais brasileiras a partir da necessidade de nossos clientes”, finaliza o executivo da Mercedes.

Bruno Castilho

bruno@cargasetransportes.com.br