20 de abril de 2024

CARGAS

O site dos transportes

Com transmissão automática

Equipado com um tanque de água para o combate a incêndios, Constellation 31.280 equipado com uma transmissão Allison roda 24 horas por dia na Usina Cerradão, em Frutal, interior de Minas Gerais

A Allison Transmission, projetista e fabricante de soluções de propulsão para veículos convencionais e eletrificados e maior fabricante global de transmissões totalmente automáticas para veículos comerciais médios e pesados e de defesa, é a transmissão preferida da Usina Cerradão, uma usina de cana-de-açúcar em Frutal, Minas Gerais.

A empresa optou pelo caminhão Volkswagen Constellation 31.280 6×4 com transmissão totalmente automática Allison 3000 com PTO, que permite ao veículo operar bombas hidráulicas, compressores e outros acessórios com o veículo em movimento.

O Constellation possui um reservatório de água com a função primordial de combater e prevenir incêndios e transportar água. O uso de transmissões automáticas nos caminhões de transbordo da usina é outra aplicação considerada.

O Grupo Cerradão está voltado para a exploração agroindustrial sustentável da cana-de-açúcar na região de Frutal, no Triângulo Mineiro e é composto pela Usina Cerradão, Agrícola Cerradão, e Bioenergia Cerradão.

Constituída como um projeto modular em junho de 2006, a usina foi concebida em sua primeira fase para uma moagem de até 2,4 milhões de toneladas de cana-de-açúcar, mas em 2018 já moía em torno de 3,1 milhões de toneladas da matéria prima.

“Estamos operando com esse caminhão há aproximadamente dois anos e nunca tivemos nenhum problema com a transmissão, ela tem funcionamento exemplar”, comenta Douglas da Silva Queiroz, líder automotivo da Usina Cerradão, e responsável pela manutenção da frota da empresa.

“A compra desse caminhão foi definida pelo nosso diretor Thiago Queiroz e pelo Rafael Bertanha, da área de suprimentos. Como se trata de uma inovação nesse segmento, nossa expectativa era analisar quais seriam as eventuais vantagens desse tipo de transmissão no setor canavieiro, apurar sua viabilidade de uso e o seu custo/benefício”.

“No meu entender, já que atuo na área de manutenção de veículos da usina, um dos grandes diferenciais das transmissões automáticas em relação aos modelos manuais, é a ausência de qualquer tipo de problema. Até o presente momento só fizemos as trocas programadas de óleo lubrificante e de filtros. Ainda temos a tranquilidade da garantia de cinco anos, da Allison, se tivermos um problema mais sério de funcionamento”, diz Queiroz.

Queiroz também destaca que as mudanças são quase perfeitas e os motoristas não apenas têm controle total da dirigibilidade do veículo, mas também não têm chance de engatar a marcha errada. Ele diz que o funcionamento dessa transmissão é simples, intuitivo e facilita muito a vida dos motoristas. Ele também resolve o problema de mão de obra não treinada dirigindo os caminhões.

Os motoristas também não têm que se preocupar com a operação da embreagem, um dos itens que mais dão problemas de manutenção nos veículos de incêndio. Eles nunca param, trabalham 24 horas/dia e rodam para fazer transferência de água, para fazer irrigação e para molhar a estrada e diminuir a poeira que pode incomodar os vizinhos.

Na Usina Cerradão, caminhões com transmissões manuais que atuam em aplicações mais severas, como no combate a incêndios, precisam trocar o sistema de embreagem de duas a três vezes ao ano.

“Posso dizer que se a decisão de compra de novos veículos fosse minha, eu optaria por ter mais caminhões com transmissões totalmente automáticas na nossa frota. Acho que elas agregam valor operacional e baixos custos de manutenção”, diz Queiroz.

Com experiência reconhecida na área de combate a incêndios, e usadas pelo Corpo de Bombeiros de grande parte das cidades brasileiras, as transmissões automáticas Allison se destacam pela eficiência, desempenho e minimização do tempo necessário para sua manutenção.

Os caminhões de bombeiros equipados com transmissões automáticas são mais ágeis e fazem com que as equipes de salvamento cheguem às emergências com maior rapidez, além de garantir maior agilidade no seu deslocamento e nas manobras em locais com espaços restritos.

Bruno Castilho

bruno@cargasetransportes.com.br