25 de fevereiro de 2024

CARGAS

O site dos transportes

Sem motorista

Tecnologia autônoma aplicada em caminhões na mineração entrega inovação e eficiência nas operações. Até 2023, eles foram responsáveis pela movimentação de 7,2 bilhões de toneladas na indústria mineral global em operações da Komatsu e sua unidade de negócios Mining Technology Solutions

Diferencial nos processos produtivos da mineração, os caminhões autônomos são controlados por sistemas computacionais, GPS, radar e inteligência artificial, percorrendo o trajeto entre a frente de lavra e a área de descarga. O sistema é gerenciado e otimizado, em tempo real, para buscar maior eficiência operacional e traz ganhos do ponto de vista técnico, de segurança e sustentabilidade.

No quesito técnico, do qual fazem parte redução de custos, como, por exemplo, consumo de combustível e pneus, e o aumento de produtividade, os atuais sistemas computacionais garantem percentuais que chegam até 40%, segundo a Mining Technology Solutions (Modular Mining), unidade de negócios da Komatsu, que conta com 14 caminhões autônomos operando no Brasil em conjunto com o sistema de gerenciamento frota (Dispatch).

Esses sistemas são responsáveis pelo gerenciamento de 50% da produção mineral nacional. “No caso da produtividade, nossos clientes têm registrado aumentos que variam de 10% a 40% com a utilização desses sistemas. Tudo depende da complexidade da operação. Quanto mais complexa maior o potencial de aumento de ambos”, explica Airton Neres, gerente geral da Mining Technology Solutions.

Soluções e objetivos  

Os desafios para o crescimento e sustentabilidade na indústria mineral brasileira demandam grandes investimentos que acontecerão no médio e longo prazo. No entanto, conforme Luciano Arantes, gerente geral de Tecnologia da Komatsu, as soluções de tecnologia, com capacitação de pessoas, podem acelerar o alcance desses objetivos em melhorias de processos por meio de otimização, automação e digitalização.

Neres explica que, recentemente, um dos clientes, uma mina de ferro, tinha por objetivo aumentar a produção mensal e com o uso do sistema de gerenciamento de frota Dispatch, por exemplo, o complexo produziu mais de 25 milhões de toneladas de minério de ferro em quatro meses, resultando em um aumento de receita estimado de US$ 12,4 milhões por mês neste período.

“O diferencial da solução Autônomo Komatsu + Sistema de Gerenciamento de Frotas – Fleet Management System – Dispatch da Mining Technology Solutions reside na combinação perfeita do estado da arte do equipamento aliado com o mais poderoso algoritmo de otimização de frota”.

“Esta combinação potencializa os ganhos de produtividade, de segurança e de redução de custos operacionais”, garante o profissional, ao revelar que a Mining Technology Solutions está desenvolvendo uma nova plataforma que aceleram a transformação da digitalização, interoperabilidade e integração entre soluções tecnológicas em todas as fases do processo de mineração.

“A nova plataforma também disponibilizará soluções que ajudarão as empresas de mineração a atingir mais rapidamente os compromissos e targets rumo à sustentabilidade, descarbonização e remoção das pessoas da área de risco”, finaliza.

Bruno Castilho

bruno@cargasetransportes.com.br