25 de junho de 2024

CARGAS

O site dos transportes

Transporte de produtos perigosos e IA

Segmento está atento aos avanços da inteligência artificial (IA) e vê com positividade o avanço tecnológico na segurança e na gestão operacional

A Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação do Paraná divulgou dados que indicam um aumento expressivo de 31% nas importações de tecnologia no Brasil de 2020 a 2021. Este avanço tecnológico está causando um impacto direto no transporte rodoviário de produtos perigosos, trazendo melhorias notáveis na gestão operacional e na segurança.

Neste segmento, a digitalização é uma aliada fundamental na prevenção de acidentes e na simplificação de processos. O secretário executivo da Associação Brasileira de Transporte e Logística de Produtos Perigosos (ABTLP), Eduardo Leal, destaca os benefícios trazidos pelas inovações, especialmente em termos de segurança.

“Destaco com entusiasmo o impacto positivo que o reconhecimento facial de motoristas têm tido em nosso setor. Essa tecnologia provou ser uma ferramenta valiosa, evitando prejuízos significativos para as empresas e resultando em uma economia notável de mais de 289 milhões de reais. Um exemplo prático desse avanço é a implementação bem-sucedida de câmeras antifadiga, que não apenas contribuem para a prevenção de acidentes, mas também preservam a integridade das operações. Estamos comprometidos em debater com nossos associados sobre as tecnologias, para que não apenas aprimorem a segurança, mas também para que impulsionem a eficiência em todas as áreas de atuação”, afirma Leal.

O treinamento de motoristas, uma parte crucial da indústria, também está passando por inovações. Simuladores de direção, impulsionados pela inteligência artificial (IA), criam ambientes virtuais realistas, ajustando dinamicamente às condições de treinamento com base no desempenho do motorista.

“Eu vejo a ‘gestão de frota avançada’ como uma tendência empolgante para o futuro. Estamos observando sistemas baseados em inteligência artificial que prometem coletar e analisar dados em tempo real, proporcionando melhorias significativas no desempenho dos veículos e na eficiência operacional”, ressalta o secretário executivo.

Além dos ganhos financeiros, as soluções de IA, como o reconhecimento facial, estão contribuindo para a melhoria da reputação e da imagem das empresas de transporte rodoviário de cargas. O foco na segurança, no treinamento contínuo e na adoção de tecnologias avançadas fortalece a posição das empresas perante reguladores, clientes e a sociedade em geral.

“Quero reforçar o compromisso da ABTLP com cada um de nossos associados, especialmente no que diz respeito aos treinamentos para as novas tecnologias que estão à frente. Estamos plenamente cientes das transformações constantes em nosso setor e entendemos a grande importância de capacitar nossos profissionais para abraçar essas inovações”, finaliza Leal.

Bruno Castilho

bruno@cargasetransportes.com.br