20 de abril de 2024

CARGAS

O site dos transportes

Imagem ilustrativa

Implementos e Selic

Selic a 13,25% pode refletir positivamente no setor de implementos rodoviários. Agronegócios e construção civil suportam crescimento de reboques e semirreboques. Setor leve tem reação localizada em produto ligado ao transbordo de mercadorias paletizadas

A redução da taxa Selic de 13,75% ao ano para 13,25% pode refletir positivamente nos negócios do setor fabricante de implementos rodoviários. “Os juros em queda devem impulsionar as vendas de caminhões e de implementos rodoviários”, diz José Carlos Spricigo, presidente da ANFIR – Associação Nacional dos Fabricantes de Implementos Rodoviários, que completa: “nossas expectativas podem ser superadas, o que seria muito importante ao mercado como um todo”.

Os mercados de agronegócios e construção civil estão em alta. A estimativa para o crescimento da safra é de 16,5%, segundo a Conab; e a projeção do desempenho da construção civil é de 4,5% segundo analistas do setor.

Esses dois mercados estão suportando o crescimento do segmento de reboques e semirreboques no período de janeiro a julho de 2023. “A safra recorde e o aquecimento nas obras civis impulsionam as vendas do setor Pesado”, explica o presidente da ANFIR.

Outro fator que concorre a favor das vendas no segmento Pesado é o implemento com 4º eixo. “O equipamento com maior capacidade de carga, atrai os clientes pois representa mais faturamento para o transportador o que resulta em um efeito localizado de renovação de frota”, explica Spricigo. Por isso, mesmo com o recuo nas vendas de caminhões, os reboques e semirreboques registram desempenho em alta.

Os segmentos de graneleiro/carga seca e carrega tudo têm sido utilizados tanto no agronegócio quanto na construção civil para atender as demandas de transporte de produtos. O primeiro deles registra variação positiva de 37,24% e o segundo 28,63%.

O produto silo, que atende a construção civil, teve crescimento de 62,45%. Já o tanque carbono, voltado para o transporte de cargas líquidas registrou 17,89% de variação positiva.

A redução no preço dos combustíveis teve impacto nas vendas do produto tanque inox que registrou de janeiro a julho de 2023, volume de emplacamentos 152,78% superior ao mesmo período do ano passado.

Baú lonado

No segmento de carroceria sobre chassis o destaque positivo é baú lonado. O produto segue com vendas positivas, registrando crescimento de 16,84%. Ele é utilizado em operações de carga e descarga, sobretudo com uso de paletes.

Bruno Castilho

bruno@cargasetransportes.com.br