22 de maio de 2024

CARGAS

O site dos transportes

Paccar: receita recorde

Empresa atinge recorde de receita anual e lucro líquido. Novos modelos de caminhões e fortes resultados de crescimento global impulsionam os resultados

A Paccar, proprietária das marcas DAF, Peterbilt e Kenworth, obteve receitas trimestrais de US$ 8,13 bilhões no quarto trimestre de 2022, em comparação com os US$ 6,69 bilhões reportados no mesmo período em 2021. A empresa abocanhou US$ 921,3 milhões (US$ 2,64 por ação diluída) no quarto trimestre de 2022, 78% acima dos US$518,7 milhões (US$1,49 por ação diluída) obtidos no quarto trimestre de 2021.

A empresa conseguiu uma receita de US$ 28,82 bilhões em 2022, comparado à receita de US$ 23,52 bilhões em 2021. Obteve ainda US$ 3,01 bilhões (US$ 8,63 por ação diluída) em 2022, comparado a US$ 1,87 bilhão (US$ 5,35 por ação diluída) obtidos em 2021.

“A Paccar relatou receitas anuais e lucro líquido recorde em 2022”, disse Preston Feight, diretor executivo. “Os excelentes resultados da refletem a forte demanda por novos modelos de caminhões de qualidade premium da DAF, Peterbilt e Kenworth em todo o mundo, lucros recorde no mercado de peças de reposição e forte desempenho dos serviços financeiros. Estou muito orgulhoso de nossos colaboradores e revendedores que entregaram excelentes caminhões e soluções de transporte a nossos clientes”, acrescentou Preston.

“Estamos fabricando a mais abrangente nova linha de caminhões de sua história, incluindo os novos caminhões pesados DAF XG+, XG, XF e XD que foram considerados Caminhão Internacional do Ano, novos caminhões pesados Peterbilt 579 e Kenworth T680 que apresentam grandes melhorias aerodinâmicas e tecnológicas e os novos caminhões médios Kenworth e Peterbilt”, declarou.

Segundo Preston, esses veículos oferecem qualidade premium, excelente eficiência de combustível e baixos custos operacionais para nossos clientes. A Paccar também está investindo na próxima geração de produtos e tecnologias para melhorar ainda mais a eficiência operacional de nossos clientes.

“Esses investimentos incluem caminhões elétricos a bateria Kenworth, Peterbilt e DAF, motores de combustão interna a hidrogênio e célula de combustível, soluções telemáticas Connect aprimoradas, e desenvolvimento contínuo da Plataforma de Veículos Autônomos”, completou ele.

Dividendos

A Paccar declarou dividendos em dinheiro de US$ 4,19 por ação durante 2022. Isso incluiu um dividendo extra em dinheiro de US$ 2,80 por ação pago em 5 de janeiro de 2023. A empresa também declarou um dividendo em ações de 50% em dezembro e emitirá as novas ações em 7 de fevereiro de 2023, após o que o dividendo trimestral regular em dinheiro será aumentado para US$0,25 por ação.

“A Paccar tem gerado excelentes retornos aos acionistas e lucro líquido anual devido a seus veículos de qualidade premium líderes da indústria, forte crescimento de suas peças de reposição e serviços financeiros e uso inovador de tecnologia”, compartilhou Mark Pigott, presidente executivo. A companhia propiciou um retorno total aos acionistas de 17,1%, incluindo dividendos regulares trimestrais e extras pagos em dinheiro, em 2022.

Mercados globais de caminhões

“Bons mercados de frete e uma maior idade da frota estão impulsionando uma forte demanda por caminhões Kenworth e Peterbilt com baixo consumo de combustível. As vendas de varejo da indústria de caminhões classe 8 nos EUA e Canadá foram de 283.500 unidades em 2022. A Kenworth e a Peterbilt atingiram uma participação de mercado de 29,8% em 2022 em comparação com 29,2% em 2021”, disse Darrin Siver, Vice-Presidente Executivo da Paccar.

“Os novos veículos Kenworth T680 e Peterbilt 579 proporcionam aos clientes até 7% de aumento na eficiência do combustível, o que melhora seu desempenho operacional e beneficia o meio ambiente”. Estima-se que as vendas no varejo da indústria de caminhões Classe 8 dos EUA e do Canadá estejam em uma faixa de 270.000-310.000 caminhões em 2023.

Caminhão Médio Peterbilt 535

“A demanda por caminhões na Europa foi forte em 2022 devido ao bom crescimento econômico europeu”, disse Harald Siedel, Presidente da DAF. “A DAF atingiu um recorde de participação de mercado acima de 16 toneladas em 2022, de 17,3%, comparado a 15,9% em 2021, demonstrando o sucesso da nova geração de caminhões DAF XG+, XG, XF e XD”. Os registros europeus de caminhões acima de 16 toneladas foram de 297.500 caminhões em 2022. Estima-se que os registros da indústria europeia de caminhões no mercado acima de 16 toneladas em 2023 fiquem na faixa de 270.000-310.000 caminhões.

O novo caminhão DAF XD ganhou o prêmio Caminhão Internacional do Ano de 2023, julgado por um júri independente dos principais jornalistas de transporte europeus. Harald Seidel, presidente da DAF, comentou: “O novo caminhão DAF XD representa uma nova geração de veículos de distribuição e vocacionais. O versátil DAF XD está disponível como trator ou caminhão rígido com motor de alto desempenho. A DAF também introduziu o caminhão DAF XDC, que foi projetado especificamente para segmentos de construção e vocacionais e apresenta configurações de dois, três ou quatro eixos com um ou dois eixos de tração”.

A DAF é o único fabricante de caminhões a introduzir uma nova geração de caminhões utilizando plenamente os novos regulamentos europeus para massas e dimensões de caminhões, resultando em uma gama de caminhões altamente atraentes e aerodinâmicos que apresentam eficiência de combustível, segurança e cabine luxuosa para conforto do motorista.

Caminhão DAF XD

O mercado sul-americano de caminhões acima de 16 toneladas era de 138.300 veículos em 2022, há projeção de que fique na faixa de 125.000-135.000 caminhões em 2023. A DAF Brasil alcançou uma participação de mercado recorde de 6,9% no Brasil acima do mercado de 16 toneladas em 2022, comparada a 5,7% em 2021.

Bruno Castilho

bruno@cargasetransportes.com.br