20 de abril de 2024

CARGAS

O site dos transportes

Treinamento ou guerra!

Forças Armadas do Brasil adquirem 27 helicópteros H125. Por meio da Comissão Coordenadora do Programa Aeronave de Combate (COPAC), unidades monomotoras aumentarão a capacidade de treinamento da Marinha do Brasil e da Força Aérea

As Forças Armadas do Brasil, por meio da Comissão Coordenadora do Programa Aeronave de Combate (COPAC), adquiriram 27 helicópteros monomotores H125 para aumentar a capacidade de treinamento da Marinha do Brasil e da Força Aérea.

O H125 será produzido na linha de montagem localizada em Itajubá, Minas Gerais, na fábrica da Helibras, onde também são montados os H225Ms para as Forças Armadas do Brasil. Estes novos helicópteros substituirão os antigos AS350 e Bell 206.

 “A aquisição conjunta celebrada pelo contrato representa a concretização de um projeto que vai equipar tanto as Forças Aéreas quanto a Marinha, com aeronaves modernas que vão atender às necessidades das Forças pelos próximos 30 anos”, disse o comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos de Almeida Baptista Júnior.

 “A Airbus Helicopters tem orgulho de ver o H125 apoiar o treinamento da próxima geração de pilotos das Forças Armadas do Brasil. O H125 é um helicóptero versátil utilizado amplamente nos mercados civil e militar como plataforma de treinamento graças à sua robustez, confiabilidade e facilidade de manutenção. Estamos honrados pela confiança contínua das forças armadas brasileiras após mais de 40 anos de cooperação”, informou Bruno Even, CEO da Airbus Helicopters.

 Os novos helicópteros H125 terão um cockpit de vidro duplo G500H TXi e VEMD (Vehicle & Engine Multifunction Display) e serão compatíveis com o uso de óculos de visão noturna (NVG). Eles também incluirão diferentes tipos de equipamento de missão, como um guincho e um gancho para que o treinamento dos futuros pilotos seja o mais representativo possível de suas missões.

Atualmente, as Forças Armadas do Brasil operam com um total de 156 helicópteros Airbus, instalados em oito bases em todo o país. Sua frota abrange desde a família Esquilo monomotor leve até o helicóptero pesado multiuso H225M, 67 e 41 helicópteros respectivamente, para cobrir uma ampla gama de missões como transporte tático, missões de busca e resgate, e apoio à população civil.

 O H125 mais vendido em todo o mundo acumulou mais de 37 milhões de horas de vôo com mais de 5.350 helicópteros atualmente em operação. O modelo, conhecido por sua robustez e versatilidade, é amplamente utilizado em missões de alto desempenho.

Bruno Castilho

bruno@cargasetransportes.com.br