20 de maio de 2024

CARGAS

O site dos transportes

Implementos em alta

Média mensal de emplacamentos de implementos rodoviários cresce. Em oito meses foram 12.965 unidades em média. Na primeira medição, feita no primeiro bimestre, foi de 11.482 produtos. Setembro marca volta das ações internacionais do MoveBrazil

A média mensal de emplacamentos de implementos rodoviários em 2022 está crescendo. A primeira medição, feita no primeiro bimestre, indicava média de 11.482 produtos. Em oito meses a média mensal passou para 12.965 unidades.

“Essa curva positiva indica que o mercado está reagindo impulsionado pelo desempenho de setores da economia como agronegócio, construção civil, mineração e comércio de varejo“, explica José Carlos Spricigo, presidente da Anfir – Associação Nacional dos Fabricantes de Implementos Rodoviários.“Sobre o PIB o primeiro semestre foi de crescimento de 2,5%. Já alguns economistas apontam poder alcançar até 3%“, diz Spricigo.

Para o executivo, a perspectiva da indústria de entregar 165 mil implementos rodoviários este ano está mais próxima. “A média tem crescido de forma constante e a diferença de 1.500 unidades do primeiro para o último resultado é bastante significativa“, diz.

Para o próximo ano, a Anfir entende que os negócios seguirão no rumo do resultado positivo. “O mercado de implementos rodoviários e as empresas associadas têm boa expectativa para 2023, com a manutenção da espiral positiva de crescimento nos segmentos mais importantes para o setor, como o agronegócio“, afirma Spricigo que completa: “Percebemos que há sinais de queda de juros e inflação voltando os índices à meta prevista”, conclui.

Média mensal de emplacamentos em 2022

Janeiro a julho – 12.709

Janeiro a junho – 12.508

Janeiro a maio – 12.323

Janeiro a abril – 12.056

Janeiro a março – 11.995

Janeiro a fevereiro – 11.482

Balanço por segmento

O segmento de reboques e semirreboques totalizou, de janeiro a agosto deste ano, 55.319 unidades emplacadas. O volume está 9,97% aquém do total registrado em igual período do ano passado: 61.445 produtos.

No segmento de carroceria sobre chassis o desempenho segue positivo. Em oito meses, a indústria entregou ao mercado 48.405 unidades, representando crescimento de 5,55%. De janeiro a agosto de 2021 o total vendido foi de 45.858 produtos.       

No total, a indústria de implementos rodoviários comercializou 103.724 unidades, de janeiro a agosto de 2022. No mesmo período de 2021, o setor entregou ao mercado 107.303 implementos rodoviários. Isso representa recuo de 3,34%.

MoveBrazil

O mês de setembro marca a volta das ações de promoção de exportação do programa MoveBrazil, recém renovado entre a Anfir e a ApexBrasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos). Serão realizadas duas ações.

A primeira é a rodada de negócios que acontecerá em Lima (Peru) nos dias 13 e 14 de setembro. A ação terá a participação de 12 empresas.

A segunda será a presença na IAA Transportation, a maior feira de mobilidade do mundo. O evento acontece de 20 a 25 de setembro em Hannover (Alemanha) e 17 empresas do setor participarão.

“A Anfir valoriza o caminho das exportações e a parceria com a ApexBrasil amplifica bastante o alcance de nosso produtos, gerando divisas, empregos e renda em nosso País“, afirma Spricigo.

As vendas ao mercado externo seguem em alta. De janeiro a julho de 2022 foram exportados 2.890 reboques e semirreboques. Em igual período do ano passado, a indústria entregou aos seus clientes internacionais 2.654 unidades. Isso representa crescimento de 8,89%.

Bruno Castilho

bruno@cargasetransportes.com.br