27 de maio de 2024

CARGAS

O site dos transportes

D’Granel amplia a frota

Transportadora mineira recebeu 60 Iveco Hi-Ways da Iveco. Ao todo são 120 caminhões adquiridos da montadora italiana só este ano. Veículos atenderão clientes como multinacionais dos setores de cimento e minério para o transporte de cargas diversas

Após a venda de 60 Hi-Ways em maio para o Grupo D’Granel, de Minas Gerais, a Iveco entrega mais 60 unidades para a empresa. Com essa compra, a transportadora reforça sua frota para atender com qualidade e agilidade os clientes, como multinacionais dos setores de cimento e minério, para o transporte de cargas diversas.

“A D’Granel comprovou a eficiência da nossa marca por meio da performance dos nossos caminhões, do atendimento especializado no pós-venda e, acima de tudo, na construção de uma parceria robusta que culminou  com a aquisição de mais 60 veículos”, afirma Ricardo Barion, diretor comercial da Iveco.

A negociação envolveu o plano de manutenção Absoluto, de cinco anos, para as novas unidades. Além de todas as manutenções preventivas (revisões) determinadas pela engenharia, o plano cobre reparos oriundos de desgaste natural ou falha de produto, as chamadas manutenções corretivas, e também possui a assistência 24 horas (Non Stop Iveco).

Os caminhões também contam com o Iveco Connect, sistema de telemetria e conectividade que funcionam 24 horas, monitorando o desempenho do motorista e as funções do veículo. As informações são enviadas a uma sala de controle, localizada no complexo industrial da Iveco em Sete Lagoas (MG), que monitora, constantemente, as mensagens recebidas pelos dispositivos. Os dados são acompanhados por profissionais que ficam responsáveis por antecipar demandas dos clientes, contatando o motorista e sugerindo soluções.

Flávio Morais, diretor do Grupo D’Granel, destaca que os caminhões foram testados e aprovados pelos motoristas e a parceria com a marca ganhou mais força com a negociação deste ano. “Atualmente a Iveco nos proporciona um custo-benefício diferenciado que faz toda diferença na nossa operação”.

Dados demonstram que, de janeiro a outubro de 2021, a montadora italiana cresceu no Brasil +82% no segmento de pesados enquanto o mercado cresceu +55%.

Bruno Castilho

bruno@cargasetransportes.com.br