25 de junho de 2022

CARGAS

O site dos transportes

Denny Mews

CargOn cresce 1650%

Empresa faturou em 2021 R$ 6,5 milhões. Planejamento é crescer 550% este ano. Volume transacionado de cargas ultrapassou a casa dos R$ 450 milhões, com destaque no transporte de commodities

A CargOn, logtech que atua como operador logístico digital no gerenciamento do transporte de indústrias e transportadoras, registrou um faturamento de R$ 6,5 milhões em 2021, um crescimento superior a 1650% em relação ao ano anterior, quando a startup curitibana chegou a R$ 394 mil. Para 2022, a expectativa é crescer 550% e ultrapassar a casa dos R$ 40 milhões faturados.

“A CargOn foi fundada em março de 2020, em plena crise pandêmica, que afetou o cenário econômico mundial. Ainda assim, conseguimos crescer e atingir os patamares que havíamos traçado para os primeiros meses de operação naquele ano”, explica Denny Mews, CEO da CargOn.

“Começamos 2021 com um faturamento mensal, em janeiro, de pouco mais de R$ 100 mil. Em novembro esse número já havia saltado para R$ 1 milhão/mensal. Essa evolução mês a mês mostra nosso potencial de crescimento expressivo para este ano”, completa Mews.

Em 2021, a CargOn realizou o transporte de mais de R$ 450 milhões em cargas, sendo commodities o principal tipo de carga transportada, especialmente aço, cimento, fertilizantes e sementes, em sua maioria no eixo Rio-São Paulo, totalizando aproximadamente 13 milhões de quilômetros rodados. 

Prestes a completar dois anos de operação, a CargOn  já recebeu dois investimentos-anjo e uma Corporate Capital, somando R$ 5 milhões, que contribuíram para a aceleração do negócio e para o poder de escala. A startup investiu em melhorias, especialmente, nas áreas de tecnologia e marketing, ampliação da ferramenta de fidelidade, o FICA (Fidelidade CargOn) e reforço na equipe por meio de novas contratações.

Ainda expandiu escritórios para cidades estratégicas como Duque de Caxias, na Baixada Fluminense (RJ); Betim (MG); Concórdia, na região oeste catarinense; e Itupeva, no interior de São Paulo. A CargOn também foi pioneira ao oferecer, em parceria com a BB Seguros, o primeiro seguro de vida para caminhoneiros no Brasil.

Agora a startup se prepara para receber um novo aporte, desta vez uma Série A, que vai permitir expandir as soluções da plataforma e aumentar a equipe, principalmente das áreas de desenvolvimento e operações.

Para atingir o objetivo e se firmar cada vez mais como um facilitador da logística, a CargOn firmou, no final de 2021, uma parceria com o Santander Investment Banking, uma espécie de mentoria que está ajudando a empresa a se estruturar para as próximas rodadas de captações de recursos e movimentos de M&A.

“Vejo um setor ainda mais aquecido este ano, com demanda, mas, principalmente, precisando de soluções tecnológicas que permitam se desenvolver junto com o mercado”, diz Mews. “A parceria com o Santander está sendo imprescindível para acharmos o parceiro ideal, que esteja disposto a crescer com a gente daqui pra frente”, finaliza o executivo.

Bruno Castilho

bruno@cargasetransportes.com.br